AÉCIO VIROU A GENI DO TUCANATO

AÉCIO VIROU A GENI DO TUCANATO

Todo o PSDB, com exceção talvez, e mal contida, da secção mineira da sigla, sabe que o senador Aécio Neves…

More...
PERDOAI-OS, MESMO SABENDO O QUE QUEREM

PERDOAI-OS, MESMO SABENDO O QUE QUEREM

Magnânimos por conveniência, Lula e Dilma dizem perdoar seus desafetos; mas quem os perdoará pelos seus muitos erros A militância…

More...
O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

Prefeito entrega defesa prévia à Câmara, que tem agora 10 dias para arquivar ou levar acusação de improbidade adiante  Quinquinha…

More...
AMIGOS-SECRETOS E OUTRAS PIADAS

AMIGOS-SECRETOS E OUTRAS PIADAS

Líder da oposição nega ter ligado para prefeito com promessa de que votaria pelo arquivamento de investigação O prefeito de…

More...
DEMOROU, MAS ERA DIA

DEMOROU, MAS ERA DIA

Câmara de Manga aceita denúncia e Quinquinha pode ser cassado por improbidade administrativa  Imagem: Clever Inácio - www.norticias.com.br        …

More...
FALTOU PANO PRA MANGA?

FALTOU PANO PRA MANGA?

Oposição alivia para Quinquinha, o ímprobo, e Luiz do Foguete vê o cavalo para o poder passar arreado A primeira…

More...
IMPROBIDADES RECORRENTES 2

IMPROBIDADES RECORRENTES 2

Prefeito de Manga dispensa de licitação escritório que atuou na campanha eleitoral para livrá-lo da inexigibilidade O prefeito de Manga,…

More...
QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

Numa única sentença, juiz decreta duas novas perdas do cargo para prefeito de Manga >> Dispensa de licitação em contratos…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.
Imprimir

VEREADOR QUER PROIBIR CELULAR NAS ESCOLAS

No 03 Julho 2017.

Argumento é de que uso dos aparelhos compromete o aprendizado

       Imagem: www.norticias.com.br

[ATUALIZADO - 03/07/2017 - 22:29] - O vereador Evilásio Amaro Alves (PPS) quer proibir o uso de celulares e tablets nas escolas das redes municipal e estadual do município de Manga, no extremo Norte de Minas. A proposta começou a tramitar na Câmara de Vereadores local e faz uma distinção: professores podem usar os equipamentos, desde que para fins estritamente pedagógicos.

Para justificar a intromissão na vida da comunidade escolar ligada ao município, Evilásio argumenta que o uso indiscriminado dos aparelhos compromete o aprendizado. O vereador, que já atuou como professor na rede estadual de ensino, cita uma lei promulgada pela Assembleia Legislativa há 15 anos como referência para sua proposição. A lei, contudo, em escopo diferente: proíbe a conversação em telefone celular e o uso de dispositivo sonoro do aparelho em salas de aula, teatros, cinemas e igrejas. Não se tem notícia de que alguém leve essa bobagem a sério. Em 15 anos o mundo mudou muito e hoje o celular assumiu lugar definitivo na vida das pessoas. 

É o tipo de lei que não pega

Chega a surpreender que legisladores insistam no assunto. No caso de Manga, a proposta de Evilásio é vaga. Não diz, por exemplo, quem vai fiscalizar e impedir o acesso dos alunos com seus equipamentos às salas de aula. Não há também menção a penalidades. Ora, aluno vai descumprir a lei e fica tudo por isso mesmo? Se for adiante, a proposta do vereador Evilásio transfere para professores mal remunerados e insatisfeitos com a promissão, além de assoberbados de trabalho, a tarefa de fiscalizar o cumprimento da medida.

Evilásio tem razão quando diz que vários municípios adotaram a proibição, mas não se tem notícia da eficácia dessas iniciativas. O problema é que as pessoas, e os jovens em especial, não conseguem mais largar seus smartphones. Qualquer tentativa de coibir o uso dos gadgets é vista com antipatia e ceticismo. Tentativas de resistir aos avanços tecnológicos soam quase como piada. Melhor seria pensar em formas de incluir o celular no processo de aprendizado. Utilizados com algum grau de inteligência e seriedade, os smartphones poderiam revolucionar a educação e acabar com o tédio de salas de aulas onde professores simulam ensinar e alunos fingem aprender, enquanto seus e mentes e dedos viajam livres pelos teclados dos celulares.

Contatado pelo WhatsApp, Evilásio disse que seu projeto prevê o uso dos aparelhos para atividades pedagógicas e ficou de enviar mais detalhes em novo contato - o que não aconteceu até o fechamento deste post. Em novo contato, desta vez  por telefone, o vereador explicou que sua proposta atende a um pedido de professores e, mais especialmente, da diretora da Escola Estadual Presidente Olegário Maciel, Senhorinha Andrade, que teriam pedido ajuda para lidar com uma situação que ameaça a sair do controle.  

Comentários  

+1 #14 Edfagner 05-07-2017 12:41
Como pai e professor concordo plenamente com o Vereador Evilásio
Citar
+1 #13 Gustavo Reis 05-07-2017 12:15
Parabéns!!! Essa restrição contribuirá muito na otimização do ensino no âmbito da sala de aula, para com aqueles que realmente desejam absorver o conhecimento.



VIA FACEBOOK
Citar
Citar
+1 #12 Jeanne Santana 05-07-2017 12:14
Bruno , nesse ponto concordo com você, mas a questão é que essa "educação" deve ser dada pela família no caso mais conhecido como "limite" , na escola não temos condições de tal feito. Realmente é um tanto quanto retrógrado proibir o uso das tecnologias em sala de aula, mas ainda é a única alternativa para o professor conseguir dar uma aula bem dada , já que nos deparamos com crianças e adolescentes totalmente sem limites e sem perspectiva de futuro.


VIA FACEBOOK
Citar
0 #11 Bruno Moura 05-07-2017 12:13
No mundo moderno q estamos vivendo e muito difícil dizer sim ou não tecnologia a mil por hora, na minha opinião o certo e educar e usar a disciplina.



VIA FACEBOOK
Citar
+3 #10 Elisabete Lopes 04-07-2017 17:28
Elisabete Lopes Na Escola onde meu filho estuda no estado do Goias funciona assim: Se o professor pegar o aluno usando o celular toma do aluno e entrega no final da aula, se for pego pela segunda vez só devolve com 15 dias.




VIA FACEBOOK
Citar
+1 #9 Iris Santos Abreu 04-07-2017 17:28
Como mãe sou totalmente a favor, até pq nas escolas existem sala de informática e outra até parece que os adolescentes hoje em dia usam celular para aprendizagem na sala de aula! Parabéns Evilásio pela iniciativa!



VIA FACEBOOK
Citar
-4 #8 Mari Farias 04-07-2017 17:27
Mari Farias Enquanto os paises desenvolvidos ajusta as novas tecnologias como ferramentas para o aprendizado, ou melhor :a aprendizagem à novas tecnologias. ..esse vereador quer retroceder? À QUEM INTERESSA ESSA INCOERÊNCIA? Eita coronelismo.



VIA FACEBOOK
Citar
+2 #7 Amanda Murilo 04-07-2017 17:26
Amanda Murilo Evangelista Concordo plenamente com essa mudança para melhorar o aprendizado dos nossos jovens dentro da sala de aula.


VIA FACEBOOK
Citar
+2 #6 Gilson Rodigues Alve 04-07-2017 17:25
Já era pra ser proibido o uso de celular há muito tempo. Parabéns vereador! Concordo.



VIA FACEBOOK
Citar
+2 #5 Dica Mendes 04-07-2017 17:24
Eu concordo .tenho dois jovens estudando e não deixo eles levar.



VIA FACEBOOK
Citar

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar