UNIMONTES PARA POR CONTA DE BAIXO SALÁRIO

UNIMONTES PARA POR CONTA DE BAIXO SALÁRIO

O ao letivo nem começou e os servidores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) estão novamente em greve, na repetitiva e…

More...
HORÁRIO DE VERÃO ACABA NO SÁBADO

HORÁRIO DE VERÃO ACABA NO SÁBADO

Chega ao fim à meia-noite do próximo sábado (17) o horário de verão em vigor desde outubro passado, quando os…

More...
PROVEDOR REGIONAL PUXA AVANÇO DA BANDA LARGA

PROVEDOR REGIONAL PUXA AVANÇO DA BANDA LARGA

A Agência Nacional de Telecomunicações divulgou comunicado nesta segunda-feira (29) com a informação de que foram adicionados ao sistema 1,91…

More...
TELEFONE FIXO A CAMINHO DO MUSEU

TELEFONE FIXO A CAMINHO DO MUSEU

Crise e mobilidade leva país a perder 1,2 milhão de linhas de telefone fixo  em 2017 [Com Agência Brasil] -…

More...
 PREFEITOS EM PÉ DE GUERRA COM PIMENTEL

PREFEITOS EM PÉ DE GUERRA COM PIMENTEL

O governador de Minas, Fernando Pimentel, vai lidando como pode com a insatisfação dos prefeitos após a repetição dos atrasos…

More...
APÓS NOVO W.O DE QUINQUINHA, COMISSÃO PROCESSANTE ENCERRA FASE DE INSTRUÇÃO

APÓS NOVO W.O DE QUINQUINHA, COMISSÃO PROCESSANTE ENCERRA FASE DE INSTRUÇÃO

Prefeito tem prazo de cinco dias para apresentar alegações finais, mas recusa em prestar depoimento indica que optou por judicializar…

More...
NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

Prefeito alega fraude em votação e suspeição de vereadora entre argumentos para barrar denúncia de improbidade  Volumes com as cerca…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.
Imprimir

TEMER VAI, A CRISE FICA (E SÓ PIORA)

No 07 Julho 2017.

O PSDB resolveu, finalmente, colocar o guizo no pescoço do gato. Presidente da sigla, Tasso Jereissati deu a senha para o desembarque do governo com a avaliação de que o país caminha para a ingovernabilidade. Tudo é muito sintomático daquilo que pode ser (e certamente será) o fim do governo Temer, por corrosão de apoios em sua base.

Nas últimas horas a imprensa avançou, e mais abertamente, com as especulações de que Rodrigo Maia já se deu conta que a Presidência pode cair nas suas mãos por efeito da gravidade. Maia já estaria se articulando com gente do mercado e políticos para a transição iminente. O deputado nega, mas, nesses casos, negar sempre equivale ao seu oposto.

O senador Cássio Cunha Lima, tucano de certa relevância, foi mais incisivo: disse que o país terá novo presidente nas próximas duas semanas. A situação de Temer piorou visivelmente nas últimas horas, desde sua viagem para a Alemanha, onde participa da reunião anual do G20, a cúpula das principais economias do mundo.

A próxima semana será decisiva para o presidente. Suas declarações fora do país não ajudam. Ao pisar em Hamburgo, ele disse que não há crise econômica no Brasil. Depois, em vídeo divulgado nesta sexta (7), Michel Temer disse que seu governo está fazendo "voltar o desemprego" no país. O presidente parece viver o alheamento que antecede as quedas na política. O sentimento principal é o da negação e, em casos mais raros, certa confusão mental. Imagina quando começarem a vazar as delações de Eduardo Cunha. 

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar