TERREMOTO EM ITACARAMBI: 10 ANOS DEPOIS

TERREMOTO EM ITACARAMBI: 10 ANOS DEPOIS

Vítimas do tremor de terra viram sua vida mudar pouco após tragédia O repórter Luiz Ribeiro traz à nossa fraca…

More...
PREFEITO DEMITE 100 PRÓXIMO AO NATAL

PREFEITO DEMITE 100 PRÓXIMO AO NATAL

Quinquinha alega falta de recursos para justificar demissão coletiva, que ajudaria a fechar a folha de dezembro Um presente de…

More...
NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

Prefeito alega fraude em votação e suspeição de vereadora entre argumentos para barrar denúncia de improbidade  Volumes com as cerca…

More...
O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

Prefeito entrega defesa prévia à Câmara, que tem agora 10 dias para arquivar ou levar acusação de improbidade adiante  Quinquinha…

More...
DEMOROU, MAS ERA DIA

DEMOROU, MAS ERA DIA

Câmara de Manga aceita denúncia e Quinquinha pode ser cassado por improbidade administrativa  Imagem: Clever Inácio - www.norticias.com.br        …

More...
FALTOU PANO PRA MANGA?

FALTOU PANO PRA MANGA?

Oposição alivia para Quinquinha, o ímprobo, e Luiz do Foguete vê o cavalo para o poder passar arreado A primeira…

More...
IMPROBIDADES RECORRENTES 2

IMPROBIDADES RECORRENTES 2

Prefeito de Manga dispensa de licitação escritório que atuou na campanha eleitoral para livrá-lo da inexigibilidade O prefeito de Manga,…

More...
QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

Numa única sentença, juiz decreta duas novas perdas do cargo para prefeito de Manga >> Dispensa de licitação em contratos…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.
Imprimir

DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS

No 26 Novembro 2017.

A curriola de Michel Temer no PMDB expulsou, na semana passada, a senadora Kátia Abreu (Tocantins) das fileiras do partido. Kátia foi ministra da Agricultura nos estertores do governo Dilma Rousseff, aquele de péssima memória, e talvez agora se decida por assinar sua ficha de filiação ao PT, onde estará próxima da ex-presidente, de quem se tornou amiga e confidente.

Ao ponto mesmo de simular algum tipo de lealdade no episódio em que Dilma rolou escada abaixo do Palácio do Planalto, naquele golpe parlamentar bem conduzido pelos seus pares no peemedebismo.

A medida, no entanto, não torna o PMDB melhor. O partido que um dia foi de Tancredo Neves e Ulisses Guimarães tem nos seus quadros notórias figuras que tem ficha corrida em lugar de biografia política e nem por isso age na direção de uma depuração. Nem poderia. O que dizer sobre o partido que não expulsou Geddel Vieira Lima, pego com a fortuna de R$ 51 milhões escondidos no 'bunker' em Salvador?

Ex-presidente do PMDB, o também senador Renan Calheiros (Alagoas) foi uma das raras vozes a criticar a decisão do Conselho de Ética do PMDB, com o argumento de a meidoda foi ato extremo que contraria a história e práticas políticas partido. Pois é.

Renan e Kátia Abreu têm algo em comum. Não passa semana sem o alagoano descer a lenha no governo Michel Temer, além de sua aproximação com o lulo-petismo para futura aliança na sucessão de Alagoas.

Por que Michel Temer e sua turma barra pesada não faz o mesmo com Calheiros. Seria porque o alagoano não tem o mesmo perfil light de Kátia Abreu e pode se transformar no próximo homem-bomba a trazer à tona os segredos da rapaziada?

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar