logo 20182

OBITUÁRIO: MORRE HENRIQUE FRAGA

Ligado .

Presidente da Fundação Hospitalar de Manga faleceu nesta madrugada em Montes Claros, após passar por complicações respiratórias

[ATUALIZADO] O diretor-presidente recém-eleito da Fundação Hospitalar de Amparo ao Homem do Campo em Manga, Henrique de Almeida Fraga Júnior, 51 anos, faleceu na madrugada desta sexta-feira (5), em Montes Claros. A Fundação é a entidade mantenedora do único hospital da cidade.

A causa mortis não foi divulgada, mas sabe-se que o estado de saúde de Fraga havia piorado nas últimas três semanas até o ponto da necessidade de remoção de Manga para Montes Claros, onde ele chegou a ser entubado por dificuldades respiratórias.

Eleito para o comando da Fundação Hospitalar no final do ano passado, Henrique Fraga ainda tentava tomar pé da situação da entidade após ser indicado para o cargo pelo prefeito Anastácio Guedes (PT), a quem se juntou nas últimas eleições municipais.

Havia uma expectativa por parte do Podemos, o partido ao qual estava filiado, e do Pros, que ajudou a criar em Manga, de que ele ocupasse a Secretaria de Educação no governo Anastácio. Consta até que o não convite o teria deixado bastante chateado, mas topou assim mesmo assumir a Fundação Hospitalar como uma espécie de prêmio de consolação.

A passagem de Fraga tem sido lastimada desde o início da manhã de hoje por representantes dos diversos segmentos políticos em Manga - o que corrobora suas múltiplas inserções na vida comunitária local. Há, inclusive, depoimentos de lideranças que dizem ter recebido dele mentoria e incentivo para entrar na vida pública. 

"É com muito pesar que recebi a notícia do falecimento do meu amigo Henrique Fraga. Apesar de ter sido 'demonizado' por muitos, que se incomodavam com seu brilho, ele foi um homem de um coração gigante", escreveu o ex-vereador Gil Mendes. A Prefeitura de Manga não havia manifestado suas condolências até a subida deste post. 

POLÍTICA

Henrique Fraga tinha militância discreta na cena política local. Foi o vice na chapa a prefeito encabeçada pelo médico José Cecyvaldo Ribeiro nas eleições de 2004. No pleito seguinte, em 2008, ele se lançou como prefeito - com Anastácio Guedes na vice -, mas perdeu a disputa para Quinquinhas de Quinca de Otílio, o Joaquim Posto Oliveira (PSD).

Nas duas eleições seguintes, 2012 e 2016, Fraga se tornou aliado de Quinquinhas, com quem rompeu há dois anos, após ocupar a Secretaria de Governo.

POLO EAD

Fora da política, Henrique Fraga atuou ainda como presidente da Fundação Educacional Manguense, mantenedora do Colégio Sagrada Família. Atualmente Fraga presidia a Loja Maçônica Cavaleiros do Japoré.

Outra frente pela qual Henrique tem sido lembrado foi sua decisiva atuação para a implantação do polo de educação à distância (EAD) da Universidade Norte do Paraná (Unopar). O campus virtual da Unopar foi instalado nas dependências do Colégio Sagrada Famíçlia em 2002 propiciou a alguns manguenses a possibilidade de cursar um curso superior. Fraga deixa esposa e três filhos. 

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar