logo 20182

OBITUÁRIO

Ligado .

Morre Mercídio Lima, advogado ex-procurador jurídico em Manga 

Quando chegou a Manga, a convite do ex-prefeito Silvino Pereira Gonçalves (1977/1980), o advogado Mercídio Lima foi morar numa espécie de ‘casa de passagem’ ao lado do prédio da Prefeitura – construída para abrigar os forasteiros que o então prefeito levou para auxiliá-lo na administração.

Dr. Mercídio, que faleceu nesta sexta-feira, em Montes Claros, aos 86 anos, por complicações do mal de Parkinson, atuaria por uma longa temporada como chefe de gabinete das gestões Silvino e Élzio Mota Dourado, eleito para três mandatos como prefeito do município.

CIDADANIA

Dono de perfil apaziguador, Lima cumpria bem a função de ser uma espécie de anteparo e filtro para as muitas demandas que chegam ao gabinete de prefeito de cidades do interior. Ele também exerceu o cargo de procurador do município nas gestões de Élzio Mota.

Após deixar os cargos de assessoramento no município, Mercídio Lima passou a militar na advocacia local. Foram quase seis décadas de convívio com os manguenses, condição que ele assumiria ao receber o título de cidadania em ato da Câmara de Vereadores.

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar