logo 20182

FORA DE CONTROLE?

Ligado .

Município registra aumento de 115% nos óbitos por covid em apenas duas semanas
Imagem. S.A

Ambulâncias recolhem pacientes na ala clínica do Hospital de Manga: unidade opera no limite após novo surto da doença

A Secretaria Municipal de Saúde de Manga confirmou na tarde desta quinta-feira (25) a triste marca de 15 óbitos em razão de complicações da Covid-19 no município. O número de mortes causadas pela doença explodiu nas duas últimas semanas. Eram sete registros no dia 10 de março, evolução de 115% nesse intervalo de tempo.  

As vítimas fatais do coronavírus em duas semanas superam os números para a pandemia em todo ano de 2020. A situação ameaça chegar ao descontrole porque o número de casos confirmados também sobe sem parar - de 506 no início do mês para mais de 800 no boletim que a Secretaria de Saúde divulga logo mais. 

Por todo ângulo que se olhe, a situação é desesperadora. A administração municipal radicaliza nas medidas restritivas à circulação, superando, inclusive, as determinações estaduais da chamada Onda Roxa.

As infecções por covid se alastraram e praticamente toda família residente no município convive ou já conviveu com o problema.     

BOA NOTÍCIA 

A ala destinada para o tratamento dos pacientes covid chegou a lotar na semana passada, mas a boa notícia é de que houve seis altas médicas nas últimas 48 horas. O hospital tinha na tarde de hoje seis leitos clínicos liberados e 11 ocupados - cinco deles com pacientes em suporte ventilatório. 

Conforme mostramos aqui, a unidade opera com estoque de cilindros de oxigênio medicinal próximo do limite nas últimas semanas e há, ainda, risco de faltar alguns dos medicamentos utilizados no tratamento da covid-19. 

Além de se solidarizar com os familiares, o governo municipal faz apelo dramático para que a população obedeça às medidas para evitar aglomerações.

O município vacinou até agora 1.163 pessoas e a faixa etária elegível para receber a imunização agora é de 70 anos. Do total de vacinados, 415 receberam as duas doses.  

“Reiteramos o pedido à população para que reforce os cuidados de prevenção ao contágio pelo coronavírus, especialmente a utilização das máscaras de proteção facial, cobrindo corretamente a boca e nariz, a periódica higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel e evitar aglomerações”, diz a nota que lamenta o aumento no número de mortes. 

Procurada para comentar o assunto, a vice-prefeita e secretária de Saúde, Cassília Rodrigues, não atendeu às ligações. 

Comentários  
0 # wagner 25-03-2021 21:27
Muita gente ainda não entendeu, existem lares em que todos estão infectados, mas não querem procurar o centro de covid para devidos cuidados!
Responder | Responder com citação | Citar
Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar