Bloco de Notas

Imprimir

PRIMEIRA VISITA DE PIMENTEL AO NORTE

No 04 Fevereiro 2015.

O meio político do Norte de Minas se mobiliza na manhã desta quarta-feira (4) para a primeira visita do governador Fernando Pimentel à região. O petista participa da posse da nova diretoria da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), que elegeu como seu presidente o correligionário e prefeito de Capitão Enéas, César Emílio. O evento deve receber a presença de prefeitos, vereadores e lideranças políticas de toda a região.

O governador deve preparar os ouvidos para ouvir apelos de socorro aos municípios por conta da estiagem que novamente ameaça a região, agora com os efeitos potenciais do desabastecimento em várias cidades. Pimentel vai receber do novo presidente da Amams o resultado de levantamento que mostra os efeitos da seca na região, no que deveria ter sido o período de chuvas na região.   

O rasante de Pimentel a Montes Claros tem ainda outra motivação de forte significado político: ele vai assinar os termos de posse dos deputados estaduais Paulo Guedes (PT). O deputado Luiz Tadeu Martins, o Tadeuzinho (PMDB),  tomou posse como secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru), logo pela manhã desta quarta-feira (4), no Palácio Tiradentes, sede do governo de Minas. Paulo Guedes passa a responder oficialmente, a partir de hoje, da secretaria Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor), e foi empossado durante cerimônia em Montes Claros.

Diferenças regionais

Aos 44 anos de idade, Paulo Guedes assume a Sedinor com a missão de trabalhar para diminuir as diferenças, principalmente sociais e econômicas, nos 258 municípios da área de abrangência da Secretaria, localizados no Norte e Noroeste mineiros e Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. A Sedinor possui diretorias regionais em Montes Claros, Diamantina, Teófilo Otoni e Governador Valadares, além de escritórios em Janaúba, Januária, Pirapora e Salinas.

Além dos programas que visam à redução de desigualdades sociais e ao enfrentamento da pobreza, a Sedinor tem o papel de coordenar, em articulação com todas as secretarias de Estado, as demais ações voltadas para o desenvolvimento socioeconômico das regiões abrangidas.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar