Estaduais

Imprimir

OUTRA PONTE BEM LÁ PARA O FUTURO...

No 15 Dezembro 2017.

Sai lista com construtoras habilitadas a participarem da licitação para construção da ponte entre São Francisco e Pintópolis

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel fez girar mais um botão na promessa da licitação da construção da ponte sobre o Rio São Francisco na rodovia MG-402, na ligação entre os municípios de São Francisco e Pintópolis, no Norte de Minas. A ponte já está sendo chamada como 'a maior de Minas', com previsão de vão estimado em 1,2 quilômetro.

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) publicou no Diário Oficial de Minas Gerais, na terça-feira (12) ,o resultado do processo de licitação da construção da ponte sobre, com a habilitação das empresas OAS Engenharia e Construção S.A., Construtora Aterpa S/A, além do Consórcio São Francisco - formado pela Odebrecht Engenharia e Construção Internacional S.A. e a CBPO Engenharia Ltda.

Tornado réu por crime de corrupção passiva na semana passada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), Pimentel lidera com folga todas as pesquisas para o governo estadual. O STJ manteve o governador no cargo, por entender que ele não atrapalha as investigações. De resto, a aceitação da denúncia não é indício de culpa, mas apenas de que a Justiça viu indícios de conduta criminosa nos elementos oferecidos pela acusação. O fato é que Pimentel está no jogo da própria sucessão e precisa mostrar serviço.

A licitação para a construção da ponte sob o Velho Chico andou com celeridade unusual, a se considerar que foi anunciada durante a visita que o governador fez à cidade de São Francisco no último mês de setembro, quando assinou o despacho em que determinou prioridade para a construção de ponte. Mas, a considerar a situação das contas públicas em Minas, essa é uma ponte um pouco mais para o futuro - sem menção ao projeto natimorto do presidente Michel Temer para o país, aquele que de ponte virou pinguela e talvez nem isso. 

Pimentel quer começar a obra ainda no ano eleitoral de 2018, mas é patente que o Estado não tem dinheiro para esse tipo de investimento. O valor para a execução da obra foi estimado, por baixo, em pelo menos R$ 50 milhões, a depender das condições da composição geológicas do rio, entre outros fatores. Se for reeleito, terá o espaço de outro mandato para concluir o projeto. Por ora, o Estado não sabe se terá dinheiro para pagar o décimo terceiro do funcionalismo.  

Liderança interessada na construção da ponte sobre o Rio São Francisco, o deputado estadual Paulo Guedes (PT) destaca a urgência que o projeto requer pro conta das secas prolongadas que têm assolado o semiárido mineiro nos últimos anos. “As balsas que atuam na travessia do rio atualmente tiveram que paralisar o serviço devido ao baixo nível do rio, comprometendo, inclusive, o abastecimento dos municípios”, diz o deputado, ao destacar que sonho da ponte está mais perto de se tornar realidade.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar