OUTRA PONTE BEM LÁ PARA O FUTURO...

OUTRA PONTE BEM LÁ PARA O FUTURO...

Sai lista com construtoras habilitadas a participarem da licitação para construção da ponte entre São Francisco e Pintópolis O governador…

More...
PREFEITO DEMITE 100 PRÓXIMO AO NATAL

PREFEITO DEMITE 100 PRÓXIMO AO NATAL

Quinquinha alega falta de recursos para justificar demissão coletiva, que ajudaria a fechar a folha de dezembro Um presente de…

More...
NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

Prefeito alega fraude em votação e suspeição de vereadora entre argumentos para barrar denúncia de improbidade  Volumes com as cerca…

More...
O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

O JUS SPERNEANDI DE QUINQUINHA

Prefeito entrega defesa prévia à Câmara, que tem agora 10 dias para arquivar ou levar acusação de improbidade adiante  Quinquinha…

More...
DEMOROU, MAS ERA DIA

DEMOROU, MAS ERA DIA

Câmara de Manga aceita denúncia e Quinquinha pode ser cassado por improbidade administrativa  Imagem: Clever Inácio - www.norticias.com.br        …

More...
FALTOU PANO PRA MANGA?

FALTOU PANO PRA MANGA?

Oposição alivia para Quinquinha, o ímprobo, e Luiz do Foguete vê o cavalo para o poder passar arreado A primeira…

More...
IMPROBIDADES RECORRENTES 2

IMPROBIDADES RECORRENTES 2

Prefeito de Manga dispensa de licitação escritório que atuou na campanha eleitoral para livrá-lo da inexigibilidade O prefeito de Manga,…

More...
QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

Numa única sentença, juiz decreta duas novas perdas do cargo para prefeito de Manga >> Dispensa de licitação em contratos…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.

paulo guedes natal

Em Tempo Real - Luís Cláudio Guedes

Imprimir

UMA PONTE BEM MAIS LÁ PRO FUTURO II

No 10 Junho 2017.

Conexão entre Malhada e Carinhanha, ponte Guimarães Rosa mostra que sonho dos manguenses é possível

 Conhecida como ponte da integração, Guimarães Rosa permite à BR-030 atravessar o Velho Chico no sudoeste baiano 

Enquanto os barranqueiros do Rio São Francisco no trecho mineiro do extremo norte esperam em vão a construção da tão sonhada ponte na travessia do Rio São Francisco entre Manga e Matias Cardoso, a obra é realidade, há sete anos, bem próximo dali, na ligação entre os municípios baianos de Carinhanha e Malhada. A ponte Guimarães Rosa, uma homenagem ao autor de 'Grande Sertão: Veredas', foi inaugurada em março de 2010, pelo então ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos.

A bela estrutura da Guimarães Rosa se destaca em meio à vastidão do semiárido baiano. A ponte, que liga o sudoeste ao oeste da Bahia, tem extensão de 1.098 metros e conta com duas faixas de tráfego, além de faixa lateral, com largura de 2,5 metros, para a passagem de pedestres e ciclistas.

A ponte entre Carinhanha e Malhada foi construída para que o traçado da BR-030 vencesse o obstáculo do Rio São Francisco. A zero-trinta é uma das rodovias radiais previstas para ligar Brasília às várias regiões do país. Neste caso, a faixa de sertão entre Minas, Goiás e Bahia e ainda o litoral nordestino.

Cinco décadas

Segundo o radialista e blogueiro Joao Miguel, do site ‘Folha do Vale’, o governo federal disse à época da inauguração de que foram investidos R$ 49,6 milhões na construção da ponte e outros R$ 18,6 milhões na pavimentação do trecho de cinco quilômetros que faz o acesso entre a cidade de Carinhanha e a travessia do Rio. A má notícia para os norte-mineiros é que entre a concepção da ideia da ponte pelo então deputado federal Vasco Neto e sua existência no mundo das coisas concretas, consumiram cinco décadas.


Leia também:

UMA PONTE BEM MAIS LÁ PRO FUTURO II

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar