COVARDIAS SUPREMAS

COVARDIAS SUPREMAS

Ao decidir em favor de Aécio e outros encrencados do Congresso, Supremo Tribunal afaga os acima da lei Há farta…

More...
TRAGÉDIAS ADJACENTES

TRAGÉDIAS ADJACENTES

  No domingo, 1° de outubro, Stephen Paddock, de 64 anos, dispara contra a pequena multidão que assistia ao festival…

More...
DEMOROU, MAS ERA DIA

DEMOROU, MAS ERA DIA

Câmara de Manga aceita denúncia e Quinquinha pode ser cassado por improbidade administrativa  Imagem: Clever Inácio - www.norticias.com.br        …

More...
MANGA: A LEI DO RETORNO

MANGA: A LEI DO RETORNO

Passagem de Quinquinha por consórcio de saúde pode abrir próximo capítulo de condenações judiciais Sujeito a enfrentar o estresse da…

More...
DEMOROU, MAS QUINQUINHA SERÁ INVESTIGADO

DEMOROU, MAS QUINQUINHA SERÁ INVESTIGADO

Vereadores avaliam na segunda-feira abertura de comissão processante para apurar suspeita de improbidade do prefeito de Manga   Plenário da Câmara…

More...
FALTOU PANO PRA MANGA?

FALTOU PANO PRA MANGA?

Oposição alivia para Quinquinha, o ímprobo, e Luiz do Foguete vê o cavalo para o poder passar arreado A primeira…

More...
IMPROBIDADES RECORRENTES 2

IMPROBIDADES RECORRENTES 2

Prefeito de Manga dispensa de licitação escritório que atuou na campanha eleitoral para livrá-lo da inexigibilidade O prefeito de Manga,…

More...
QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

QUINQUINHA TEM DUAS NOVAS CONDENAÇÕES POR IMPROBIDADE

Numa única sentença, juiz decreta duas novas perdas do cargo para prefeito de Manga >> Dispensa de licitação em contratos…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.

Em Tempo Real - Luís Cláudio Guedes

Imprimir

EFEITO ORLOF

No 04 Outubro 2017.

A decisão do juiz João Carneiro Duarte Neto, titular da 2ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Manga, que sentenciou o ex-prefeito Miravânia Elpídio Gomes Dourado, o Bila (PP), à perda dos direitos políticos pelo período de três anos, em processo de ação civil pública por improbidade administrativa (aqui), acendeu o sinal vermelho para outros ex-mandatários de municípios da microrregião de Manga que respondem por processos similares no Judiciário local.

Considerado um magistrado linha-dura, João Carneiro só deve deixar a Comarca de Manga em abril do próximo ano e já teria dito que pretende passar a limpo os abusos por improbidade administrativa da prefeitada dos municípios vinculados à sua jurisdição. Os ex-prefeitos de Manga Haroldo Bandeira (1997/2004), Humberto Salles (2005/2007), Quinquinha Oliveira (2007/2012) e Anastácio Guedes (2013/2016), estão entre os ex-agentes políticos com pendências judiciais em aberto – lista que inclui ainda ex-prefeitos de Matias Cardoso João Cordoval e a turma que quase leva Jaíba à breca.

Condenado à três perdas consecutivas do atual mandato e à perda dos direitos políticos por longos 14 anos, Quinquinha pode ser afastado do cargo a qualquer momento, caso as decisões do juiz João Carneiro recebam confirmação no Tribuna de Justiça de Minas Gerais. O agente político que contava com a leniência da Justiça para escaparem ilesos das irregularidades que perpetraram durante seus mandatos.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar