UNIMONTES PARA POR CONTA DE BAIXO SALÁRIO

UNIMONTES PARA POR CONTA DE BAIXO SALÁRIO

O ao letivo nem começou e os servidores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) estão novamente em greve, na repetitiva e…

More...
HORÁRIO DE VERÃO ACABA NO SÁBADO

HORÁRIO DE VERÃO ACABA NO SÁBADO

Chega ao fim à meia-noite do próximo sábado (17) o horário de verão em vigor desde outubro passado, quando os…

More...
PROVEDOR REGIONAL PUXA AVANÇO DA BANDA LARGA

PROVEDOR REGIONAL PUXA AVANÇO DA BANDA LARGA

A Agência Nacional de Telecomunicações divulgou comunicado nesta segunda-feira (29) com a informação de que foram adicionados ao sistema 1,91…

More...
TELEFONE FIXO A CAMINHO DO MUSEU

TELEFONE FIXO A CAMINHO DO MUSEU

Crise e mobilidade leva país a perder 1,2 milhão de linhas de telefone fixo  em 2017 [Com Agência Brasil] -…

More...
 PREFEITOS EM PÉ DE GUERRA COM PIMENTEL

PREFEITOS EM PÉ DE GUERRA COM PIMENTEL

O governador de Minas, Fernando Pimentel, vai lidando como pode com a insatisfação dos prefeitos após a repetição dos atrasos…

More...
APÓS NOVO W.O DE QUINQUINHA, COMISSÃO PROCESSANTE ENCERRA FASE DE INSTRUÇÃO

APÓS NOVO W.O DE QUINQUINHA, COMISSÃO PROCESSANTE ENCERRA FASE DE INSTRUÇÃO

Prefeito tem prazo de cinco dias para apresentar alegações finais, mas recusa em prestar depoimento indica que optou por judicializar…

More...
NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

NA DEFESA, QUINQUINHA PARTE PARA O ATAQUE

Prefeito alega fraude em votação e suspeição de vereadora entre argumentos para barrar denúncia de improbidade  Volumes com as cerca…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2012 JoomlaWorks Ltd.

Em Tempo Real - Luís Cláudio Guedes

Imprimir

SE COBRIR VIRA CIRCO...

No Sexta, 08 Dezembro 2017 13:51.

Pareceu fora de propósito zum zum-zum em torno da renúncia à vida pública do deputado-palhaço Tiririca. Ele não renunciou ao mandato, como muitos entenderam. Embora me inclua entre os simpáticos à ideia de que a democracia deva comportar certas bizarrices, como é o caso da atuação parlamentar de figuras como o próprio Tiririca, o ex-jogador Romário, o cantor Sérgio Reis, e tantos outros personagens de origem midiática, penso que a passagem, quase sempre obscura, dessa turma pelos corredores do Congresso Nacional é um desserviço ao país.

O leitor sempre pode argumentar que melhor um Tiririca com sua alma de pureza circense do que o comboio de bandidos em busca de foro privilegiado que abarrotam os corredores do Congresso. Vale como tese, mas receio que não é pedir muito que o eleito tenha contribuição a dar ao país. A despedida em tom indignado do deputado Tiririca soou falsa aos meus ouvidos sempre desconfiados. Após 7 anos de parlamento, não dá para o cara se apresentar como a virgem no puteiro.

A passagem do deputado-palhaço pelo parlamento só não foi de todo apagada porque ele apresentou projeto em que buscava incluir a atividade circense entre os setores beneficiados pelo amparo da Lei Rouanet, de incentivo à cultura. Pleito justo, em um país sempre vergonhoso em todos os aspectos, mas também por entregar renúncia fiscal para grandes empresas – bancos incluídos - se autopromoverem como mecenas da cultura, para não falar do patrocínio oficial a shows de astros do show business internacional, com preço médio de ingresso na casa de R$ 1 mil.

No mais, Tiririca subiu à tribuna uma única vez, justamente na despedida, para dizer que deixa a política de ‘cabeça erguida’. Antes, já tinha insinuado em entrevista ao SBT que recebeu proposta pouco republicana para livrar Temer das duas denúncias de corrupção. Tiririca deixa o parlamente de estômago embrulhado, mas ficou a dever atitude mais corajosa de denunciar o que viu por lá.

Pelo menos, não nesse tom generalista que adotou nas suas falas recentes. Mas o Congresso é maios ou menos o que cantou Benito Di Paula em dias melhores sobre o Brasil. “Se cobrir, vira circo, se cercar, vira cadeia/ Essa vida é um trapézio, preso na cumeeira’. Tiririca não volta na próxima Legislatura. Falta não fará. O país já sai no lucro se a sua vaga não cair em mãos de gente muito mais perigosa que o palhaço arrependido de ter buscado outros picadeiros.

Imprimir

PROJETO PARA A BR-479

No Sexta, 08 Dezembro 2017 08:18.

O governador Fernando Pimentel deve anunciar nesta sexta-feira, durante as solenidades de comemoração do Dias dos Gerais, em Matias Cardoso, no extremo norte do Estado, a autorização para que o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) faça a licitação para o projeto-base da pavimentação do trecho da BR-479 entre Januária e Chapada Gaúcha.

Reivindicada por políticos e entidades da região desde a primeira visita do governador à microrregião de Januária, em 2015, a obra é considerada uma espécie de redenção da região, por facilitar o acesso rápido a grandes centros consumidores como a capital federal, Goiânia e Anápolis.

O trecho tem extensão de 163 quilômetros e deve custar cerca de R$ 300 milhões aos cofres estaduais. Dinheiro que o governador não tem, mas ainda assim avalia que ganha pontos com o eleitor da região ao autorizar a elaboração do projeto.

Imprimir

QUINQUINHA E SUAS 'PROVAS IMPRESTÁVEIS'

No Sexta, 08 Dezembro 2017 08:21.

O prefeito de Manga, Quinquinha de Quinca de Otílio, o Joaquim Oliveira Sá Filho (PPS), deveria comparecer à comissão processante da Câmara de Vereadores que investiga suposta ação de improbidade na contratação do escritório Menezes & Advogados Associados.

Esse escritório é o mesmo que já lhe rendeu três condenações judiciais a perda do mandato e devolução de valores pagos indevidamente por ato administrativo sobre o qual se argumenta existência de vícios que afetam à moralidade pública e otras cositas mas.

Adiado a pedido do prefeito-réu, o depoimento, ou oitiva, como preferem os advogados, deveria acontecer na manhã desta sexta-feira (8), mas os trabalhos de investigação estão suspensos por mandado de segurança da Justiça local impetrado pelo vereador e membro da comissão processante Evilásio Amaro (PPS), líder do governo na Câmara e muito conhecido pela dedicação quase religiosa à defesa dos interesses do prefeito.

O advogado Ilídio Antônio dos Santos, que assessora a Câmara Municipal durante a temporada de investigação contra Quinquinha, recorreu ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais com agravo de instrumento em que pede a revogação da decisão singular do juiz titular da 1ª Vara da Comarca de Manga, Luiz Felipe Sampaio Aranha.

Manobras

Imprimir

NÍVEA JÁ RESPIRA ALIVIADA

No Terça, 05 Dezembro 2017 19:55.

Prefeita de Itacarambi tem voto para mandar ao arquivo denúncia de improbidade

A prefeita de Itacarambi, Nívea Maria de Oliveira, a Doutora Nívea (PTB), vai conseguir reverter o vacilo de seus aliados na Câmara de Vereadores local. A comissão processante (CP) em que é investigada por suspeita de improbidade administrativa na contratação de prestadores de serviço para realizar o transporte escolar no município (aqui) deve descer aos arquivos da Casa até meados deste mês. A denúncia foi recebida com o voto de todos os vereadores - inclusive seus aliados. 

A oposição à prefeita não tem voto suficiente para afastá-la do cargo. O placar da votação do relatório final da comissão processante, que vai indicar a cassação da Doutora Nívea, deve ser rejeitado por pelo menos seis dos 13 vereadores do município. Seriam necessários nove votos para formar a chamada maioria qualificada necessária para a aprovação do relatório da CP.

Nívea é investigada desde o início do mês, após a Câmara Municipal acolher representação contra si apresentada pelo microempresário e eleitor João Gonçalves de Araújo. Donos de ônibus para aluguel, ele disputou e perdeu processo licitatório que tinha por objetivo a contratação de empresas para prestar serviços de transporte escolar.

Imprimir

PIMENTEL, ENFIM, SAI DAS CORDAS

No Terça, 05 Dezembro 2017 08:24.

Governo abre com pequenos municípios do Norte de Minas programa em que acena com R$ 600 milhões para asfalto  

Candidato à reeleição no próximo ano, o governador Fernando Pimentel começa a reagir à paralisia que toma conta da sua gestão. O petista assinou na segunda-feira (4/12), no Palácio da Liberdade, convênios com nove municípios norte-mineiros para a liberação de recursos dentro do programa +Asfalto.

A promessa é investir R$ 4,1 milhões para recuperação ou pavimentação de 193 mil metros quadrados de asfalto dos municípios de Bonito de Minas, Juvenília, Cônego Marinho, Fruta de Leite, Ibiracatu, Miravânia, São João das Missões, Pedras Maria da Cruz e Josenópolis. A base (terraplanagem e aplicação) será custeada pelos próprios municípios, com recursos próprios.

De acordo com o convênio assinado entre as Secretarias de Estado de Governo (Segov) e de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER) estão sendo liberados R$ 335,7 mil em recursos para contratação das empresas que farão o serviço e aplicados outros R$ 4,1 milhões em material betuminoso, que será utilizado nas obras. A contrapartida, nesses casos, ficou em geral em torno de 0,1% do investimento total.

O direcionamento das verbas do programa para municípios com baixa densidade eleitoral gerou ruídos dentro do governo, mas o entendimento é de a etapa inicial representa uma espécie de piloto do programa +Aslfato. O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, diz o Estado vai doar a massa asfáltica para a cidade e repassa o dinheiro para execução. “Cabe ao município contratar a empresa para fazer o serviço. A responsabilidade do prefeito é a execução do serviço e a do Estado é doar o material”, explicou.