Política

Imprimir

DEPUTADO SE ENVOLVE EM ACIDENTE DE CARRO

No 12 Outubro 2017.

Paulo Guedes perdeu o controle do veículo quando trafegava pela BR-135, em Januária


O deputado estadual Paulo Guedes (PT) se envolveu na tarde desta quinta-feira (12) em acidente automobilístico na BR-135, na altura do povoado de Riacho da Cruz, um distrito do município de Januária. O parlamentar estava em viagem para Manga, vindo de Montes Claros, onde reside, quando perdeu o controle do veículo em que trafegava, uma picape Toyota Hilux. O carro saiu da pista de rolamento e bateu em algumas árvores ao lado da rodovia.  

Segundo informações preliminares, Guedes viajava em companhia de um dos filhos e mais uma passageira, que seria a namorada do rapaz. Todos passam bem. A picape estava engata a uma espécie de carreta, que transportava um pequeno barco. Um puxão dessa carreta teria sido a causa do acidente. Todos passam bem e o parlamentar seguiu viagem para Manga em outro veículo. 

Capotamento em 2012 



O curioso é que o petista estava a pouco menos de 30 quilômetros, em linha reta, do local onde passou por outra experiência parecida, em fevereiro de 2012. Na ocasião, a caminhonete em que o parlamentar estava capotou no trecho da rodovia que liga entre as cidades de Varzelândia e São João da Ponte.

O acidente teria ocorrido na noite desse sábado (25/02) e segundo informações da assessoria do deputado, Paulo Guedes cumpria compromisso de visita às bases eleitorais e, ao retornar de um desses encontros, o veículo do parlamentar capotou. 

No acidente anterior, o veículo do deputado, uma Mitsubishi L-200, perdeu a direção ao ser atingida por um Fiat Palio e capotou várias vezes. O condutor do Palio invadiu a pista na contramão e colidiu na lateral da caminhonete, que desestabilizou e foi jogada numa ribanceira ao lado da pista de rolamento. 

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar