Example of Section Blog layout (FAQ section)

Imprimir

PREFEITOS DEBATEM DESTINO DE RESÍDUOS

Escrito por Luís Cláudio Guedes No 08 Agosto 2017.

O prefeito de Januária, Marcelo Félix Alves de Araújo, o Dr. Marcelo Félix (PSB), foi o anfitrião, na sexta-feira da semana passada do encontro ordinário do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sócio econômico da Microrregião do Alto Médio São Francisco (Ciamesf). Na pauta, a discussão sobre a destinação dos resíduos sólidos gerados em cada cidade uma das 15 cidades-sedes dos municípios que integram a entidade.

O destino do lixo urbano é responsabilidade das prefeituras por força de lei, mas poucos municípios conseguiram até aqui resolver o que fazer com ele. A regra quase geral é jogar tudo em lixões a céu aberto nas periferias das cidades e queimar os dejetos, com os danos óbvios ao meio ambiente. No caso do Ciamesf, há a tentativa de solucionar o problema de forma consorciada, na tentativa de redução dos custos desse processo.

Dez prefeitos presentes ao encontro abriram espaço para que o representante da empresa Saneamento Ambiental Brasil (Sanbras), vendesse seu peixe. O engenheiro Eualdo Lima apresentou projeto que classifica como inovador para o manuseio dos resíduos sólidos, com o uso de uma usina de triagem de resíduos, já adotada pelo município de Januária.

Manga ficou de fora

A empresa diz que seu processo de reciclagem transforma 100% do lixo urbano em energia renovável, carvão energético, materiais para construção civil, e os rejeitos depositados em estrutura semelhantes ao aterro sanitário. Resta saber se os prefeitos de municípios quebrados como são os do extremo Norte de Minas vão pagar por isso, já que a energia gerada do lixo pode cobrir os custos dos projetos.

Participaram do encontro em Januária, além do anfitrião Dr. Marcelo, outros noves prefeitos. Itacarambi, Pedra de Maria das Cruz, Montalvânia, Cônego Marinho, Miravânia, São João das Missões, Bonito de Minas, Ubaí, Icaraí de Minas deram o ar da graça na reunião ordinária do Ciamesf, que também elegeu sua nova mesa diretoria para os próximos dois anos. O prefeito de Manga, que havia participado de encontro anterior com ânimo e disposição, faltou ao encontro do Ciamesf em Januária. Manga ainda não resolveu o problema do seu lixo, mas o prefeito parece está à volta com outras prioridades.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar