logo 20182

JANUÁRIA TEM 1ª SUSPEITA DO COVID-19

Ligado .

Paciente com sintomas da doença passa bem e foi liberado para cumprir quarentena em casa


A Secretaria Municipal de Saúde de Januária emitiu nota de esclarecimento no início da noite desta segunda-feira (16) para alertar sobre suposto caso de coronavírus no município, o primeiro da microrregião.

Um servidor público, 34 anos, deu entrada na Unidade Básica de Saúde local com sintomas da virose reconhecida como pandemia pela Organização Mundial de Saúde e que ameaça jogar o mundo numa crise de proporções nunca vista antes.

O paciente, que não teve o nome divulgado por questões éticas e de segurança, esteve fora da cidade e retornou há apenas três dias. Desde então, apresenta sintomas muito parecidos com aqueles relacionados ao coronavírus.

O paciente contou à equipe médica da UBS Januária que começou a sentir os sintomas desde o último sábado, mas só decidiu buscar ajuda médica nesta segunda-feira. Após passar por exames, foi liberado para cumprir a quarentena em sua residência, após receber instruções para manter o isolamento domiciliar.

KIT PARA EXAMES

A Secretaria de Saúde do município agora corre contra o tempo para conseguir o kit para coleta do exame que vai confirmar a contaminação ou não pelo Covid-19. Conforme protocolo do Ministério da Saúde, o município enviou pedido do material para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

Conforme orientação do governo federal, que conduz as ações para conter o avanço da doença no país, o paciente vai ficar em quarentena, quando será acompanhado pelos profissionais da UBS e Secretaria Municipal de Saúde de Januária.

PREOCUPAÇÃO

‘A Secretaria Municipal de Saúde de Januária, atuando com transparência e responsabilidade, ratifica seu compromisso em cumprir com as determinações do Ministério da Saúde, visando a prevenção e controle de doenças no município”, diz a nota assinada pelo secretário de saúde local, Deyvison Dias.

O episódio pegou e surpresa o prefeito do município, o médico Marcelo Félix Araújo (PSB), e seus pares em toda a microrregião de Januária, que contavam com o surgimentos dos primeiros casos do coronavírus apenas ali pelo início do mês de abril. Os hospitais da região não contam com leitos de UTI e não teriam como receber pacientes da doença em caso de surto.

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar