logo 20182

PANDEMIA NO RETROVISOR

Ligado .

Sem óbitos há três meses, manguense começa a viver sensação que vírus é coisa do passado
Ilustração: Agência CNI de Notícias

Manga completa neste feriado nacional da terça-feira (12) uma sequência benfazeja de três meses sem registros de mortes para a Sars-Cov-2.

A última morte com causa mortis covid foi no dia 12 de julho. A pandemia do coronavírus deixou saldo de 27 vidas perdidas no município, o que não é pouco, especialmente para as famílias que perderam seus entes em razão da doença que parou o mundo.

O caso manguense, contudo, não é caso isolado na paisagem do país. Mais da metade dos municípios brasileiros (58%) não registraram óbitos em setembro.

Os números gerais da vacinação também avançam depois da lentidão inicial, quando o governo federal boicotou a compra de vacinas em nome de uma incerta imunização de rebanho capaz de manter a economia incólume.

ALÍVIO

Há coisa de seis meses, os prognósticos dos infectologistas eram sombrios: o país voltaria a vivenciar um surto da doença por conta da prevalência da variante delta do coronavírus entre o final de setembro e este início de outubro.

O cenário não se confirmou, o que é notícia é boa. Quando o assunto é pandemia, uma previsão pessimista que não se cumpre é sempre bem-vinda, porque representa vidas não imoladas pelo vírus letal.

Normalmente, as projeções dos economistas para PIB e inflação, além de outros indicadores, são vistas como desconfiança, quando não servem para motivos para risos, porque, normalmente nunca se cumprem e, por isso, de nada servem - exceto dar emprego para os que são da categoria.

Os infectologistas erraram depois de muitos acertos. Desta vez, eles estavam enganados, felizmente, porque não levaram em conta o rápido avanço da vacinação e, suspeito, o elevado índice de contaminação dos brasileiros desde o início da pandemia, por conta da subnotificação e das campanhas abertas do governo federal contra todo tipo de combate à doença. Ainda bem.

DIAS MELHORES

A tragédia anunciada não se cumpriu e os dias, enfim, parece que se anunciam melhores. Peguemos o caso de Manga, que já aplicou 21.983 doses da vacina contra o coronavírus - número bem superior à população total do município, atualmente em 18.051 vidas. Os dados são do último boletim de vacinação, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na sexta-feira (8). 

Desse total, 13.382 pessoas dos grupos das pessoas com idade superior a 12 anos e os chamados grupos prioritários (idosos, profissionais de saúde e quilombolas, entre eles) já estão com o ciclo vacinal completo - com a aplicação da primeira e segunda doses. Outras 273 pessoas idosas já receberam a terceira dose ou dose de reforço.

Com 45,4 % da população imunizada e outros 75% com a primeira dose no braço, aconteceu o óbvio: o número de internações no único hospital da cidade despencou - inclusive com períodos de zero ocupação para a covid - e registros de óbitos estão parados há 90 dias.

SEM VACILOS

Na convicção mediana do povo popular, a pandemia é coisa do passado, muito embora a doença, por inédita e ainda não totalmente domada pela ciência, não acene com vacilos ou precipitações.

Seja como for, já há cobranças para que a administração local realize a festa da virada do ano em celebração aos novos tempos e que se programe para o Carnaval.

Uma fonte da Prefeitura diz que o assunto ainda não entrou no radar, mas já há pressão pela flexibilização de algumas das medidas para impedir o contágio do vírus, entre elas o banimento do uso das odiadas máscaras faciais e o que restou de restrições nos estabelecimentos comerciais.

Contatados por Whatsapp e ligação, o prefeito Anastácio Guedes (PT) e a secretária de Saúde, a vice-prefeita Cassília Rodrigues,  não retornaram para comentar o assunto. Se usarem agora a mesma lógica que a gestão empregou para o retorno às aulas (que ficou para o próximo ano, a despeito do imenso prejuízo para a estudantada da rede municipal de ensino), a tendência será a de que a administração siga as decisões estaduais para o relaxamento das medidas. A ver. 

|||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||
Leia também: 

BOLSONARO DESCARRILOU O BRASIL
O SALTO ALTO DO PT
CENTRÃO TERÁ GRANA PARA BR-135?
|||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

 

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar