logo 20182

EDMÁRCIO MUDA A ROTA

Ligado .

No limite da janela partidária, ex-prefeito escolhe Podemos para buscar cadeira na Câmara dos Deputados  

O ex-prefeito de Matias Cardoso Edmárcio de Moura Leal não assinou a ficha de filiação ao PP, conforme anunciamos aqui há alguns dias.

No prazo-limite da janela partidária – encerrado na sexta-feira passada -, Edmárcio optou pelo Podemos. Pesou na decisão a presunção de que será mais fácil conseguir a sonhada cadeira na Câmara dos Deputados por uma sigla menor e, por enquanto, sem caciques concorrenciais no Norte de Minas.

Edmárcio avalia que o quociente eleitoral (a conta que se faz para a distribuir as cadeiras em disputa nas eleições pelo sistema proporcional de votos) do Podemos lhe será mais favorável do que teria sido no do PP.

O ex-prefeito de Matias planejava disputar as próximas eleições pelo Avante, mas foi praticamente expulso da sigla após a chegada do deputado estadual Arlen Santiago e seu helicóptero-uber, notório por oferecer carona para paraquedistas de outras regiões do Estado semana e sim e outra també.

MORO

Edmário chega ao Podemos em Minas horas após a saída do ex-juiz Sérgio Moro do partido, que subitamente ficou sem uma candidatura de referência no cenário nacional.

Moro, que havia chegado ao Podemos com pompa e circunstância, com direito a lançamento da candidatura presidencial cinematográfica em novembro do ano passado, deixou a sigla pelas portas do fundo, com o alegado legado de dívida de R$ 3 milhões a ser bancada pelo fundo partidário.     

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar