logo 20182

JUNTOS E MISTURADOS

Guedes e Tadeuzinho negam disputa por cargos

Aliados no primeiro governo em Minas: deputados juram que só a guerra que travam é para desenvolver o Norte de Minas

Os deputados estaduais reeleitos e futuros secretários de Estado de Desenvolvimento Econômico do Norte, Noroeste e Vale do Mucuri (Sedinor) e do Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru), respectivamente, Paulo Guedes (PT) e Tadeu Martins Leite (PMDB), negaram, por meio de notas enviadas a este Em Tempo Real, que estejam em disputa pela prerrogativa da indicação de cargos de gerência e coordenação de empresas estaduais no Norte de Minas. A possibilidade de atritos entre os dois aliados foi levantada no post “Em rota de colisão", publicado aqui neste sítio na última quarta-feira.

“Apesar de estarmos em secretarias distintas, temos um grande objetivo em comum, que é o desenvolvimento da nossa região, e é para isso que estamos convergindo todos os nossos trabalhos”, escreveu o petista Paulo Guedes, que ressalta não existir nenhuma disputa de cargos entre os dois. “Estamos em sintonia para começarmos a diminuir as diferenças que ainda separam o Norte das demais regiões do Estado”, complementou Guedes.

O deputado Tadeu Martins, por seu lado, afirma que mantém com o colega petista “diálogo franco e cordial” sobre todos os assuntos que dizem respeito ao Governo do Estado. “É preocupação comum entre nós contribuir para o bom desempenho do novo governo, sem colocar preferências pessoais ou vaidades acima do dever de prestar um bom serviço á população de nossa região e a todos os mineiros”, destacou o futuro titular da Sedru. Tadeuzinho diz que está junto com Paulo Guedes “travar uma verdadeira guerra, não por cargos, mas para aumentar a representatividade e os investimentos para o Norte de Minas neste governo que se inicia”.

Apesar de negar a existência de atritos, a indicação do peemedebista Tadeuzinho não foi bem recebida por petista do norte-mineiro. De resto, o petista Guedes já teve que abrir mão de concorrer à presidência da Assembleia Legislativa, para evitar atritos em nível macro com o partido aliado. O site apurou que, para evitar mal-entendidos, as nomeações para cargos de terceiro e escalões no Norte de Minas vão passar pelo crivo do vice-governador Toninho Andrade e Odair Cunha, os presidentes estaduais do PMDB e PT. Clique na aba 'Leia mais' e confira a íntegra das notas enviadas ao site pelos dois parlamentares:

"Prezado amigo, Luís Cláudio. Como não fui ouvido nesta reportagem, quero esclarecer que, da minha parte, e acredito que também da parte do secretário Tadeuzinho, não existe nenhuma disputa por cargos como foi colocado no texto. Apesar de estarmos em secretarias distintas, temos um grande objetivo em comum, que é o desenvolvimento da nossa região, e é para isso que estamos convergindo todos os nossos trabalhos.

Quando aceitei o desafio de cuidar das ações do Norte e Nordeste de Minas, assumi também o compromisso de transformar a Sedinor no grande elo entre todas as secretarias e demais órgãos para que os resultados deste novo governo cheguem, de fato, a todas as pessoas que mais precisam. É esta sintonia que estamos construindo e acredito que este é o caminho para começarmos a diminuir as diferenças que ainda separam o Norte das demais regiões do Estado. Espero ter esclarecido e, como sempre, me coloco à disposição para o que precisar. Forte abraço".
Deputado estadual Paulo Guedes



"Caro Luís Cláudio,

em relação a nota divulgada em sua prestigiada página, gostaria de esclarecer que não procede a informação de que haveria uma disputa por cargos na região, travada entre eu e o deputado Paulo Guedes. Esclareço que, ao contrário, temos mantido um diálogo franco e cordial sobre todos os assuntos que dizem respeito ao Governo do Estado, levando-se em conta que recebemos do Governador Fernando Pimentel a honrosa missão de representar nossa região em sua administração. É preocupação comum entre nós contribuir para o bom desempenho do novo governo, sem colocar preferências pessoais ou vaidades acima do dever de prestar um bom serviço á população de nossa região e a todos os mineiros. Fique certo que é um objetivo tanto meu como do deputado Paulo Guedes travar sim uma verdadeira guerra, não por cargos, mas para aumentar a representatividade e os investimentos para o Norte de Minas neste governo que se inicia. Sempre á disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário, despeço-me deixando um grande abraço e votos de sucesso na sua missão de bem informar nossa população".

Deputado estadual Tadeu Martins Leite

Adicionar comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Entre os termos de uso do espaço para comentários estão a restrição a comentários racistas, misóginos e homofóbicos, além de xingamentos e apologias ao uso de drogas ilícitas, crimes inafiançáveis ou proselitismo partidário. Os comentários serão moderados ou recusados para evitar excessos.


Código de segurança
Atualizar